segunda-feira, 31 de julho de 2017

IDEOLOGIA DE GÊNERO E A DESCONSTRUÇÃO DA FAMÍLIA

Nas últimas décadas desde 1990 quando a OMS (Organização Mundial da Saúde) decretou por meios políticos que os desejos e as relações homossexuais deixariam de ser consideradas como Patologias (doenças), uma avalanche de novas teorias tem surgido em torno da identidade sexual dos seres humanos. Comportamentos e termos antes conhecidos como: homossexualismo, travestismo, transexualismo, bissexualismo, que foram estudados antes tinham comprovação científica que eram distúrbios mentais, transtornos de personalidade, desvios comportamentais e sexuais, agora não podem mais ser diagnosticados da mesma forma pelos profissionais que atuam nas ciências ligadas à área mental e sexual. Isso quer dizer que os acadêmicos, mestres e doutores foram obrigados a aceitar a imposição ideológica de que agora tudo isso é a "orientação sexual" de cada pessoa, mesmo sem que qualquer estudo tenha comprovado isso.
O que está por trás desse interesse ideológico em transformar doenças mentais/sexuais em algo aceito como saudável ?
O Perigo que ameaça a estrutura familiar
A partir da resolução01/1999 publicada pelo CFP (Conselho Federal de Psicologia) os profissionais estão proibidos de citar o termo patologia ou doença, referindo-se aos comportamentos de gays, lésbicas, bissexuais, travestis e transexuais, ou seja, o grupo conhecido pela sigla LGBTT. Consequentemente, o CFP defende que nenhuma pessoa que tem atração homossexual precisa de tratamento para obter qualquer tipo de cura para doenças mentais ou reorientação relacionadas a sua identidade ou "orientação homossexual". O fato é que não há estudos que comprovem que os homossexuais são pessoas que nasceram predeterminados a desenvolver esse comportamento ou que não estejam mais doentes em seus desejos homoeróticos, como já foi estudado e comprovado pelos maiores Psicanalistas do século 19. Em função da ausência de evidências científicas que apoiem as teorias de múltiplos gêneros é que muitos profissionais discordam das resoluções politicamente corretas e do posicionamento teórico que vem sendo defendido pelo conselho Federal de Psicologia.





O que realmente tem significado a ideologia de gênero para sociedade?


A ideologia de gênero é basicamente um conjunto de ideias criadas e defendidas por ativistas pró LGBTT, além de profissionais de várias ciências que seguem o politicamente correto, que alegam ter na humanidade uma diversidade sexual natural de gêneros que ainda é pouco estudada pelos cientistas e muito incompreendida pela sociedade. Trata-se de uma vasta gama de identidades que sugere a existência de múltiplos gêneros, surgidos a partir do homem e da mulher. Para eles ninguém nasce definido como homem ou mulher com base no seu sistema sexual biológico, mas desenvolve sua própria identidade a partir do convívio social.
Segundo o site Significados, tradicionalmente, a palavra gênero costuma ser interpretada como sinônimo do sexo atribuído, ou seja, correspondente ao órgão sexual que o indivíduo nasceu (pênis é masculino, vagina é feminino). Mas, de acordo com a identidade de gênero, o fato de determinada pessoa ter nascido com o órgão sexual masculino, não faz com que esta se identifique obrigatoriamente como um homem. 
Deste modo, os defensores da nomeada "ideologia de gênero" identificam gênero como a projeção de tudo aquilo o que a sociedade e a cultura esperam que seja típico do comportamento masculino e feminino, por exemplo. E, neste caso, estes comportamentos não precisam estar obrigatoriamente ligados ao sexo atribuído. 
Fonte: https://www.significados.com.br/ideologia-de-genero/

Perigos ocultos por trás dessa ideologia


Esse é um lado da história. Porém, sabemos que existem diversas outras teorias estudadas e defendidas por profissionais de várias ciências que não compactuam com as teses da ideologia de gênero.


Umas das profissionais que mais tem se pronunciado contra essa ideologia é a Psicóloga e Cristã Marisa Lobo. Por não compactuar com as diretrizes e decisões pautadas pelas resoluções feitas pelo CFP, a Psicóloga Marisa tem sofrido perseguições e até constantes ameaças de cassação do seu registro no CRP.

Após lançar os livros A Ideologia de Gênero na Educação e Famílias em Perigo, Marisa Lobo tem sido bastante requisitada por instituições cristãs e ido por todo o Brasil para dar palestra e seminários sobre o tema.


O que vem a ser o gênero sexual de uma pessoa?
Historicamente e biologicamente falando, ao longo das eras da raça humana, todas as ciências sempre defenderam a existência de apenas dois gêneros sexuais naturais, os quais conhecemos por gênero masculino (sexo do homem) e o gênero feminino (sexo da mulher).
Alguns podem até alegar a existência de pessoas hermafroditas, mas cientificamente falando essas pessoas são deficientes e não podem ser equiparadas aos nascidos perfeitos, como se fossem um terceiro gênero biológico.
Pais impedem ideologia de gênero nas escolas

O ser humano que está em fase de maturidade é propenso a imitar e seguir tudo o que lhe é ensinado. Se tratando de crianças ou adolescentes, a curiosidade por descobrir um novo mundo a sua volta é ainda mais intensa. Então, alegar que o ensino da ideologia de gênero não vai interferir na construção da sua personalidade e sexualidade é uma grande mentira. O primeiro passo para alguém aceitar e praticar qualquer ideia é acreditar nela. Sendo assim, se os adolescentes forem orientados a acreditarem nessas teorias, terão muito mais chances de querer vivenciá-la na prática.
 
A polêmica da abordagem escolar de temas relacionados a gêneros – conhecida popularmente por seus críticos como “ideologia de gênero” – envolve pais, educadores, e o sistema legislativo.
O Supremo Tribunal Federal (STF) e o Congresso Nacional recebem ações e projetos por pais que reclamam do material didático entregue aos seus filhos, estudantes, para uso em seus anos letivos.
Em reportagem publicada pelo jornal O Globo (RJ), foi destacada a ação de pais de crianças de uma escola privada no ensino fundamental da capital carioca contra o uso de um livro literário o qual não se agradaram da história da protagonista, que se disfarça de homem para conseguir um emprego.
Fonte: Gospel Prime 

Opiniões de leitores do site acima

RH

"Parabéns ao pais e aos Diretores, professores que lutam para que o Estado não interfira na educação das crianças, com também na destruição da família ideal. Pais tirem suas crianças da frente da TV em Novelas e desenhos animados que torcem a verdade da família, que ferem a moral e os bons costumes."

VH
"É incrível como insistem em abordar temas tão complexos como o homossexualismo, com crianças em idade de formação de caráter. É des-serviço algo deste tipo, crianças nessas idades não possuem formação sexual ainda, ou seja não sabem o que é o prazer sexual! Para quê isso?"

VJ
"Os defensores da ideologia de gênero gostam de usar a desculpa que explorar esses assuntos não vão criar jovens homossexuais. Dizem que é apenas uma forma de quebrar o preconceito. Mas engana-se quem quer. Eu venho de uma geração que, em termos de sexo, tudo era proibido. Mas então enquanto eu era adolescente na década de 80 os colégios começaram a introduzir a orientação sexual e a tv a mostrar (principalmente na sessão da tarde) filmes onde o sexo livre era o moderno. Não preciso dizer que a liberalização sexual que temos hoje é fruto dessa tendência educativa entre escola e tv da década de 80. Pois a mesma coisa está sendo feita agora, só que com relação a gênero. Pois eu afirmo que em 20 anos teremos uma geração de homens e mulheres gays por causa do que essa geração de educadores e mídia estão forçando nossos filhos a ver e aprender. E talvez nem leve 20 anos porque na década de 80 tínhamos uma geração de pais conservadores. Hoje a maioria dos pais são liberais e uns inúteis como educadores no lar."




CONTINUA EM BREVE...


Por: Ney F. S. Silva

(Teólogo e orientador sexual)

Curta nossa Fan Page no Facebook: Sexualidade Natural

Canal no Youtube: Sexualidade Natural

Twitter: @sexualinatural

Perguntas? envie-nos um e-mail para: sexualidadenatural@gmail.com


#COMPARTILHE

Muito obrigado

Deus te abençoe